twitterfacebookgoogledribbblepinterestmyspacetumblrvimeoyoutubebehancegithubflickrforrstrssmail
RIO GRANDE DO NORTE
Bem-vindo à Cidade de Natal

Curiosidades Sobre Natal

Curiosidades Sobre Natal

Você chega da Europa mais rápido em Natal, tempo de economia estimado se for por avião 45 minutos e por navegação 2,7 dias.

Natal está situada entre o rio e o mar. O Litoral Potiguar (RN) possui mais de 400 Km de maravilhosas praias, com encantadoras lagoas de lazer próximas ao mar e mais de 20Km de extensão de rio em área urbana.

Quem está nas praias olhando para o mar de Natal está mais perto da África que de São Paulo e mais próximo da Europa que da Argentina. Ali é a “esquina do continente.”

Em 1942, época da Segunda Guerra Mundial, a posição geográfica de Natal foi classificada como “um dos quatro pontos mais estratégicos do mundo” pelo Departamento de Guerra dos EUA, junto com Suez, Gibraltar e Bósforo. Na época as praias de Natal eram freqüentadas somente por pescadores e a população ribeirinha. Os militares americanos tornaram algumas praias famosas, como a Praia dos Artistas, que recebeu esse nome por causa das muitas personalidades que eram vistas no lugar.

A população de Natal foi a primeira a consumir Coca-Cola na América do Sul, em 1942, quando a chegada das tropas aliadas trouxe de carona a quarta fábrica da bebida no mundo. A bala do Mickey, vendida na Disney, também sai dali, da fábrica Sam’s, que há 50 anos exporta guloseimas.

Natal conta-se (pode ser só uma lenda) foi ponto de parada do escritor francês Saint-Exupéry, aviador na Segunda Guerra, que citou o pôr-do-sol da cidade no livro “Atlântico Sul” e o Baobá, árvore africana que tem três exemplares no Rio Grande do Norte, na sua mais famosa obra, “O Pequeno Príncipe”. O autor teria ficado impressionado com o fato de que eram necessários 15 homens para abraçar o tronco da árvore.

O coqueiro, árvore constante nas praias de Natal, foi usado na Segunda Guerra Mundial, fornecendo soro, porque a água de coco é rica em proteínas, sais minerais e vitaminas.

Turistas em Natal – Natal recebe por volta de 2 milhões turistas/ano, e está com o fluxo ascendente com 25% de aumento por ano. Dos cerca de 30% do total de turistas estrangeiros que visitam Natal, em primeiro lugar estão os portugueses (30%), em segundo lugar estão os holandeses (17%), seguidos dos espanhóis (9,7%) e os argentinos (7,22). Sobre os turistas nacionais o estado mais emissor para Natal é São Paulo (23,95%), em segundo lugar Pernambuco (16%), seguido do Ceará com 10% e Rio de Janeiro (8,5%).

Épocas mais visitadas: Janeiro, Fevereiro, Março, Julho, Agosto, Novembro e Dezembro.

Carne-de-sol – Presente em vários pratos da região, é um alimento muito popular no Nordeste do Brasil. É uma carne salgada e seca, desidratada ao relento, que mantém a cor avermelhada.

Parque das Dunas – envolve o centro de Natal, margeia a Via Costeira é o segundo maior Parque Florestal Urbano do Brasil

Natal possui em sua região metropolitana, no Litoral Sul Praia de Pirangi, o maior “Cajueiro do Mundo”.

Natal possui o ar mais puro das Américas.

O termo “Cidade do Sol” se promove com 300 dias de sol durante o ano

Natal é a “Capital Mundial do Buggy”. Passeios maravilhosos de Buggy por Dunas, Praias e Lagoas são uma das maiores atrações turísticas de Natal.

Natal é a “Terra do Camarão”. Visitantes de Natal saboreiam uma grande e rica variedade gastronômica. Natal é o maior produtor e exportador de camarões do país.

Natal é a Terra do escritor e Professor Luis Câmara Cascudo (1898-1986) – “O melhor do Brasil é o brasileiro…” – considerado um dos maiores folcloristas nacionais:

“Sempre amei as histórias contadas pelas amas e pelos espetáculos populares: a feira, o mercado, as procissões. Sempre amei o cotidiano e não o excepcional. Tenho a impressão de ser o que chamam na Itália, Uomo Qualunque, um homem igual aos outros. Sou um homem que não desanimou de viver e acho a vida cheia de encantos.”

Leave A Reply